09/02/2018

Goiás: Bombeiros alertam turistas riscos de afogamentos

Goiás: Bombeiros alertam turistas riscos de afogamentos

Será iniciada nesta sexta-feira (9) a Operação Carnaval 2018 do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO). Assim como em outras edições, a ação terá foco na prevenção de afogamentos de moradores e turistas que vão curtir o feriado de Carnaval.

A corporação fará o treinamento de ações preventivas e de resgate de vítimas de afogamento para professores de educação física. Na ocasião, serão ministradas orientações e dicas referentes às ocorrências em redutos balneários de lazer aquático.

De acordo com o coordenador da Operação, tenente-coronel Michelsen Rodrigues de Faria, o efetivo será reforçado em municípios que solicitarem apoio e em locais onde existem festas tradicionais, como na cidade de Goiás, Caldas Novas, São Simão, Aruanã e Três Ranchos.

“Os bombeiros militares serão distribuídos em postos avançados montados à beira de lagos, represas e rios, onde se observa grande concentração de turistas e serão utilizadas embarcações, como canoas e moto náuticas”, informou a corporação.

Entre os objetivos do Corpo de Bombeiros está o atendimento às ocorrências em menor tempo para oferecer um suporte de vida mais rápido aos foliões. “Para isso, o planejamento da operação previu a ação integrada de cada unidade e posto, e também um reforço nas viaturas e equipamentos disponíveis para as equipes de bombeiros”, destaca o CBMGO.

Também é importante que os foliões entendam que a combinação de bebida alcoólica e mergulho torna o risco de afogamento ainda maior. Conforme levantamento dos Bombeiros, a maior causa de afogamentos em Goiás é por imprudência da vítima ou de alguém que a acompanhava.

“O perfil das vítimas de afogamento é jovem, do sexo masculino, de 14 a 21 anos. Boa parte consome bebida alcoólica antes de entrar na água ou não respeita as faixas de contenção”, informou. Durante o carnaval de 2018 foram registradas três mortes por afogamento no estado.

Para conscientizar os foliões, os bombeiros vão distribuir flyers informativos com dicas de segurança, ministrarão palestras educativas em escolas, aulas práticas sobre prevenção de afogamentos para a comunidade, orientações aos turistas, sinalização com placas sobre risco de afogamento, delimitação de área de banhistas nos principais rios e lagos, além de campanhas educativas na internet e no rádio.

Fonte: