11/10/2017

Coordenadora da ABERGS na Região Missões comenta sobre a participação no 1º Seminário de Bombeiras Militares do RS

Coordenadora da ABERGS na Região Missões comenta sobre a participação no 1º Seminário de Bombeiras Militares do RS

A Associação de Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul (ABERGS) reuniu no final de semana em Porto Alegre, mais de 70 bombeiras militares vindas de todas as regiões do Estado para participar do 1º Seminário Estadual de Bombeiras Militares do RS. A soldado Cristiane Bieger Andrade, que trabalha em São Luiz Gonzaga, que é coordenadora regional da ABERGS, foi uma das representantes da Região.  

"O seminário foi um evento marcante não apenas por ser inédito no Estado, mas também pela intensidade com a qual aconteceu", explica Cristiane. A profissional acredita na importância do debate em torno da valorização da mulher na corporação. "É um passo muito importante na valorização da mulher na instituição perante a sociedade bem como para o empoderamento e o fortalecimento do papel da profissional nessa missão tão nobre: salvar vidas", ressalta a bombeira.

No encontro, as profissionais compartilharam experiências e encontraram colegas que ainda não conheciam pessoalmente. "Dividimos sentimentos com pessoas que passam pelas mesmas situações, desde a major Jaqueline, primeira bombeira militar do CBMRS até as alunas soldadas de hoje", pontua a profissional.

Palestras, emoção e motivação

As palestras iniciaram pela manhã com a Capitã Josiane Teloken, que abordou o tema "EPI para Bombeiro Militar Feminino". A pesquisa apresentada pela capitã mostrou a importância de um olhar sensível e técnico para a execução do trabalho da mulher como bombeira.

Um dos destaques do Seminário foi a presença da 1ª Mulher Bombeira Militar do Rio Grande do Sul, exaltada pelas demais bombeiras que este ano comemoram 20 anos da presença feminina na Corporação. A Major RR Maria Jaqueline da Costa Machado, atualmente morando e trabalhando Voluntária da Cruz Vermelha na Espanha, destacou a importância do papel da mulher e as dificuldades já enfrentadas por cada uma na Corporação, além disso foi palestrante abordando a temática "Técnica X Força: Superando Desafios".

A Dra. Marcia Esteve de Calazans, falou sobre o papel e os desafios das "Mulheres na Segurança Pública". No decorrer de sua fala, a psicóloga social e doutora em sociologia abordou temas delicados, como o assédio sofrido por muitas mulheres em batalhões de todo o Brasil. Já a Dra. Ana Lucia Brunetta Cardoso, advogada do Centro Universitário Metodista falou sobre o "Direito da Mulher Militar", ressaltando que mulheres podem o que elas quiserem. "Os homens precisam entender as peculiaridades das mulheres. Devemos fortalecer a Constituição, nos voltarmos para as premissas Constitucionais que o Estado oferece, cobrar políticas públicas de um sistema de governança machista", destacou a palestrante.

Uma das palestras mais esperadas também foi a da Major da Brigada Militar Denise Alves Riambau Gomes, que abordou a "Saúde da Mulher Bombeira". Conforme a Major, os riscos inerentes as atividades de bombeira são diversos, visto que a periculosidade do trabalho demanda cuidados que muitas vezes são engolidos pelas demandas do dia a dia.

O Seminário foi encerrado com a palestra motivacional da Tenente Coronel Camila Renatha Paiva Barbosa Torres, do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), e presidente da Associação dos Bombeiros Militares de Alagoas. Após contar sua trajetória de vida, a Tenente Coronel reafirmou para todas as mulheres presentes que "é preciso que nunca se deixe que alguém apague ou ofusque o brilho das mulheres".

Fotos: Camila Cardoso/Divulgação - Fonte: Rádio Missioneira, com informações da Abergs - Autor: Amanda Lima