07/11/2019

Cães são treinados para ajudar Bombeiros nas buscas por vítimas de escombros

Cães são treinados para ajudar Bombeiros nas buscas por vítimas de escombros

Três cães estão sendo treinados pelo Corpo de Bombeiros do Tocantins para atuarem nas buscas por vítimas de escombros, desmoronamentos e outras situações que envolvam colapsos de estruturas. O objetivo é usar a agilidade, versatilidade e a olfato apurado do animal nas operações.

Sky têm dois anos e é da raça Belga Malinois. Dori, também dois anos, é Boiadeiro Australiano e Nanf é a mais nova. Tem quatro meses e é fruto do cruzamento da raça Pastor Alemão com Malinois. O trabalho é liderado pelo sargento Raphael Mollo e o treinamento é feito todos os dias em áreas com escombros ou vegetação nativa.

“Elas [Sky e Dori] estão em um nível avançado de treinamento. Até aqui o trabalho se resume em formação, ensinando a elas o que devem fazer. Daqui para frente é mais motivação e fazer com que tenham mais prazer nas atividades”, relata o sargento Raphael Mollo.

Nos dias 11 e 12 deste mês, o sargento Raphael e a cadela Sky terão um desafio. Vão em busca da Certificação Nacional de Cães de Busca, durante o Seminário Nacional dos Bombeiros, em São Luís (MA). Nos dias 28 a 30, eles também vão buscar a Certificação Internacional de Cães de Busca, promovida pela International Search and Rescue Dog Organization (IRO).

O trabalho da Sky será testado, avaliado e, sendo bem sucedido, vai ser garantir a primeira certificação para um cão de busca na Região Norte do Brasil.

Para o sargento, o cão além de ser um parceiro, tem diversas vantagens em comparação com o homem. “Com o cão capacitado e habilitado, evitamos a entrada desnecessária e perigosa de Bombeiros em área de Estruturas Colapsadas antes da hora, tendo em vista que o homem não consegue identificar ou localizar uma pessoa viva ou restos mortais entre os escombros sem ter visual da vítima. E em campo aberto, o cão varre uma área que equivale ao trabalho de 20 homens”, concluiu.

Fonte: G1 Tocantins