14/09/2018

Brasília tem a tarde mais quente do ano e Inmet emite 'alerta vermelho'

Brasília tem a tarde mais quente do ano e Inmet emite 'alerta vermelho'

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou nesta quarta-feira (12) a maior temperatura de 2018. A estação meteorológica de Águas Emendadas marcou 33,4º C durante a tarde. Até então, o dia mais quente havia sido 23 janeiro, quando os termômetros chegaram a 33,1º C.

O calor veio acompanhado da baixa umidade do ar que nesta quarta chegou a 13% na região do Gama. Os brasilienses, que já viviam em situação de alerta laranja, passaram a enfrentar o alerta vermelho do Inmet – quando a umidade fica a níveis semelhantes ao do deserto do Saara – e corresponde "a grande perigo" (veja abaixo orientações de saúde).

Inmet emite alerta vermelho em Brasília — Foto: Inmet/Reprodução

Inmet emite alerta vermelho em Brasília — Foto: Inmet/Reprodução

De acordo com a meteorologista Naiane Araújo, a tendência é que a baixa umidade e o calor continuem até o fim da semana. Possibilidade de alguma chuva ou, pelo menos, um pouco mais de umidade para melhorar a qualidade do ar, só na próxima semana.

Incêndios

Globocop flagra incêndio no Park Way, no DF, nesta quarta-feira (12) — Foto: TV Globo/Reprodução

Globocop flagra incêndio no Park Way, no DF, nesta quarta-feira (12) — Foto: TV Globo/Reprodução

Desde o início de setembro, o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal atendeu 669 ocorrências de incêndios. Somente na tarde desta quarta-feira, os militares foram acionados para combater queimadas em três regiões da capital federal.

Até as 15h30, os bombeiros tentavam controlar o fogo no Parque da Cidade, em uma região atrás do ParkShopping, em um local próximo ao Clube Saia Velha, em Santa Maria, e em uma área pertencente à Marinha, na DF-001, em São Sebastião.

Bombeiro combate incêndio no Parque da Cidade, em Brasília — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Bombeiro combate incêndio no Parque da Cidade, em Brasília — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Dados dos bombeiros mostram ainda que, neste ano, as queimadas no DF atingiram uma área equivalente à de quase três Águas Claras. A corporação informou que as 3.536 ocorrências de incêndio queimaram uma área de 2.310,69 hectares de extensão – já a região de Águas Claras conta com 808 hectares.

Dados por ano

 

  • 2018 - 3.536 ocorrências e 2.310,69 hectares (até 21 de agosto)
  • 2017 - 4.904 ocorrências e 6.895,33 hectares
  • 2016 - 4.861 ocorrências e 8.698,79 hectares
  • 2015 - 2.662 ocorrências e 5.087,98 hectares
  • 2014 - 3.004 ocorrências e 4.776,55 hectares
  • 2013 - 2.897 ocorrências e 4.933,68 hectares
  • 2012 - 2.929 ocorrências e 7.052,04 hectares

Dicas de saúde

Especialistas recomendam que a água ainda é a bebida mais saudável — Foto: Getty Images

Especialistas recomendam que a água ainda é a bebida mais saudável — Foto: Getty Images

O clima seco provoca prejuízos à saúde. De acordo com o otorrinolaringologista Frederico de Paula, os problemas respiratórios se agravam e é preciso redobrar os cuidados quando se vive em cidades como Brasília.

Veja como:

  • Use umidificadores de ar, vasilhas com água ou toalhas molhadas no lugar onde irá dormir;
  • Mantenha a casa higienizada, arejada e ensolarada;
  • Tome bastante líquido para hidratar corpo;
  • Hidrate também as narinas com soro fisiológico e pingue colírio lubrificante nos olhos;
  • Evite exposição prolongada a ambientes com ar-condicionado;
  • Faça atividades físicas antes das 10h ou após 17h;
  • Retire tapetes ou objetos que acumulem pó como livros, revistas, brinquedos de pelúcia e caixas do quarto;
  • Evite produtos de limpeza com cheiros fortes;
  • Use roupas leves.

Fonte: G1 DF